postporta

Nosso herói vê a porta, literalmente.

Nosso herói sofre de um temor patológico de conflitos.

Está me dando alegrias, essa Ilíada. Hoje acordei com tantas idéias que às 6 da manhã tive que sair da cama e trabalhar. Fiz duas páginas e voltei a dormir. Tenho que dizer, é desorientador acordar duas vezes no mesmo dia.

Para as mentes curiosas, esse artigo (em inglês) explica que, de fato, portas são portais.

Avante.

Standard

2 thoughts on “

  1. maria lucia says:

    Ao ver seu desenho, veio-me, de imediato, uma frase que me foi dada durante um “sonho” , ou seja, enquanto eu dormia. Ficou gravada fotograficamente, embora fosse só uma frase, sem imagem nem som, Aí vai para você, talvez lhe inspire também:
    DEPENDENDO DE COMO SE ABRA UMA PORTA, ELA SERVE PARA SAIR OU PARA ENTRAR.
    Isto equivalia a um comentário fantástico sobre o momento que eu estava vivendo, um momento que durou 5 anos, quando eu, por volta dos 50, retornei ao passado e fui viver, linha por linha, minha adolescência que me fora roubada pelas circunstâncias. Virei adolescente, andava só com amigos jovens, todos nós participando de um grande grupo de terapia e autoconhecimento.
    Normalmente, aquele momento seria apenas um portal da vida chamado “por volta dos 50”, que eu deveria simplesmente atravessar e seguir sendo a pessoa triste e áspera de sempre. Mas tive a chance de mudar as regras do jogo, de descobrir que aquela porta “servia para sair ou para entrar”, e isso me permitiu entrar e sair muitas vezes até completar o resgate, o ajuste interno. O futuro deixou de ser uma fatalidade decorrente do meu passado, sumiu grande parte do medo daquele futuro fatal, reescrevi o passado vivendo-o no presente como se eu estivesse novamente lá, novamente adolescente, agora livre.
    O sonho foi em 1992, milênio passado.
    Grata por me fazer relembrar essa peça tão fundamental na minha vida, A PORTA.
    O tema daria para grandes filosofias, grandes voos psicológicos e espirituais. Mas fiquemos só com a formulação sintética, bem zen, que dá para carregar sempre numa dobra da manga.
    Um abraço.
    ML

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s