O fim, por enquanto.

Pra encerrar o ano – no dia aquele do fim do mundo que não rolou, a Folha pediu a vários artistas sua visão do mundo. Isso foi o que me veio. Patético, eu sei, esse meu apego à mísera e frágil cultura humana.  Mas o mundo não acabou, continuamos no ano que vem, quem sabe eu seja uma pessoa melhor.

Abraço.

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s