Como entrar no estúdio

O trabalho começa antes de você entrar no estúdio, mas vamos combinar que uma parte importante acontece dentro dele. Tem uma frase, que vem dos jogadores de cartas, que é you can´t win if you´re not a at the table. Você não pode vencer se não estiver na mesa. Não pode perder também, claro, e é o que nos mantém afastado às vezes.

Mas às vezes é difícil entrar no estúdio. Mesmo que o estúdio seja sua mesa da sala, como foi pra mim por muitos anos. (Hoje eu tenho um pequeno mas funcional estúdio, e estou muito feliz com ele e indo todo dia. O translado é rápido, ele fica entre meu quarto e a sala.) Não importa. Pode ser difícil sentar na mesa. Enquanto estamos longe dela, podemos imaginar as coisas incríveis que faríamos. Quando sentamos lá, é hora de fazer.

Ajuda pensar pequeno. Ajuda ter uma rotina. Um lugar pra ir. Todo dia. Tranquilo, como quem vai para o trabalho. É um trabalho. Esses entusiasmos maravilhosos, que nos levam em frenesi para o estúdio, tem um problema – do alto da euforia, você só pode ir para baixo. Um estado eufórico não dura.

Ajuda ter um plano. Saber o que você vai fazer lá. De preferência, continuar o que você fazia ontem. É um bom plano. Uma técnica clássica é deixar alguma coisa inacabada na última página do dia. Algo que você sabe como resolver. Assim, quando você chega no dia seguinte, você começa com uma pequena vitória.

Dave Sim aconselhava uma divisão esquizofrênica (ou dissociativa) de funções ou personalidades para o quadrinista, que tem que ser tantos. Faça o lápis como se seu trabalho fosse só fazer o lápis, como se a pessoa que vai colocar o nanquim fosse alguém que você não conhece ou confia. O mesmo com a escrita, arte-final, cor, etc.

Eu levo a idéia a sério. Funciona pra mim. Quando eu entro no estúdio, eu sou o faxineiro. Eu arrumo a bagunça que meu outro eu fez ontem, limpo a mesa, aponto os lápis, vejo se esse eu melhor que eu tem tudo que precisa ao redor. Depois eu sento na mesa dele, como um faxineiro faria e enquanto ele não chega, imagino como seria esse trabalho de inventar histórias.

Standard

6 thoughts on “Como entrar no estúdio

  1. Samyra says:

    Seu pequeno ensaio chegou até meus olhos através de uma lista de desenhistas. Realmente pequeno, porém direto e bem elucidativo. Filtrar paixões e euforias através da disciplina e do trabalho é um exercício de foco e lucidez que parece bastante eficiente.
    Parabéns pela clareza.

  2. Maria Lucia says:

    Muito bom o seu texto, muito mesmo. Fiquei aqui imaginando você produzindo um por dia, sistematicamente, todos do mesmo tamanho, com a mesma postura, dessa mesma perspectiva interna, e tendo, depois de 365 dias, algo fascinante que ainda não consegui captar inteiramente o que seria, como seria (downloading in progress).
    Uma caixinha com folhas soltas (como uma de Manuel de Barros?) Seu tom evocou em mim coisas dele, como:
    “Acho que o quintal onde a gente brincou é maior do que a cidade. A gente só descobre isso depois de grande. A gente descobre que o tamanho das coisas há que ser medido pela intimidade que temos com as coisas. Há de ser como acontece com o amor. Assim, as pedrinhas do nosso quintal são sempre maiores do que as outras pedras do mundo. Justo pelo motivo da intimidade.”
    Assim você com seu estúdio, seus lápis, suas coisas.
    Mas talvez você quisesse que fosse um livro, e eu me ofereceria para ser sua revisora. E, ainda bem no início do processo, você encontraria a editora certa, que se encantaria com as primeiras páginas e compraria o projeto inteiro.
    Eu o leio com olhos de quem há muitos anos vem lendo Charlotte Joko Beck [sempre os mesmos dois livros; conhece?], e aprendendo com ela, aos poucos, esse despojamento que parece tão natural em você. Às vezes escrevo assim, mas só às vezes.
    GREAT!!!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s