Maldito Julio Verne

Na verdade, eu tenho um amor sem fim por Julio Verne. Quem não tem? Quem não teve sua infância atravessada por sua ficção científica,  sua visão do maravilhoso?

Ocorre que, por motivos muito complicados para explicar aqui, ele é o vilão de minha nova história, Viagem ao centro dos 2.000 eus. Eu ia dizer do meu novo livro, mas por enquanto é difícil dizer. A história está com 40 páginas e crescendo. Pode ser uma narrativa longa ou um livro inteiro, ainda está indefinido. Vale dizer que também estão na história  Duchamp, As Panteras, Magnum, Thelonius Monk, Speed Racer… entre outros. Com um elenco desses, você pode imaginar que é difícil também de resumir. Posso dizer que estou muito feliz com ela. Vamos ver para onde eles me levam.

Então, só aproveitei o fato de que hoje é o aniversário do bom velhinho para colocá-lo por aqui. Breve, mais notícias.

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s