A Síndrome da Puta Velha

Meu outro eu, o que ganha dinheiro e começa a trabalhar mais cedo, como diretor de arte, tem uma pergunta. Ou uma questão na cabeça. É uma impressão minha ou fotógrafos envelhecem pior do que desenhistas? A Síndrome da Puta Velha parece mais frequente em fotógrafos. Colocando de outra maneira – é impressionante como é frequente que, depois de ter atingido um certo nível de reconhecimento, depois que eles são supostamente alguém, fotógrafos entreguem trabalhos medíocres. Como se eles parassem de se importar. Você não vê tanto isso em desenhistas. Talvez por nosso trabalho depender tão literalmente de esforço, ser literalmente feito com as próprias mãos. Talvez um desenho ruim seja mais evidente do que uma foto ruim. Não sei.

Alguém tem teorias?

******

Uma especulação me ocorreu – desenhistas são, por natureza, introvertidos. É uma atividade solitária, geralmente escolhida por pessoas inseguras socialmente. O que nos leva a uma certa obsessão com auto-validação através do trabalho. Fato – praticamente todo desenhista que conheci está/é insatisfeito com seu trabalho. A fotografia, por outro lado, pede um praticante mais extrovertido. Você tem que saber lidar com pessoas ou você vai ficar confinado a fotografar geladeiras ou bichinhos. Apesar da idéia de timidez contida em ver o mundo por trás de uma lente, fotógrafos costumam ser mais confiantes. Talvez isso os torne menos obsessivos. Se bem que qualquer pessoa que já esteve numa conversa de fotógrafos, sabe que eles podem ficar 40 minutos falando sobre suas lentes. Afunda um pouco minha teoria, não?

Ah, essa maldita dialética.

Standard

6 thoughts on “A Síndrome da Puta Velha

  1. a fotografia me parece algo muito moderno. captar o imaginário ou o real é mais antigo que a fotografia (e antes era usada como tal). as canetas, as tintas e o papel canson criado há 500 anos não mudaram com o tempo tanto quanto a câmera.

    não diminuindo a arte da fotografia (que amo, admiro e sou praticante), acho que o desenho consegue ser mais intimista. mas há quem faça com a fotografia o que ninguém faz com desenhos. e vice-e-versa.

  2. odyr says:

    Com certeza, Matheus. Nada contra a fotografia. Era mais um resmungo em voz alta sobre o abastardamento precoce de alguns praticantes.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s